Carnaval da Nazaré

O Carnaval da Nazaré define-se como sendo único, tradicional e genuíno, sendo preparado e feito “da gente para a gente”. É sem dúvida a maior festa da vila piscatória da Nazaré, que atrai milhares de turistas, bem como habitantes da região.

Desde os trajes tradicionais até às cegadas, o Carnaval da Nazaré é um evento expectado e aguardado ansiosamente pelos Nazarenos, que o vivem de uma forma profunda e apaixonante.

Todos os anos existe um “mote” que define o Carnaval Nazareno. Por norma, é uma expressão típica nazarena e que acaba por marcar o ano carnavalesco. Já os Reis de Carnaval são pessoas da terra, que de uma forma ou outra contribuem ou contribuíram para a festa, sendo o reinado uma homenagem ao “amor ao Carnaval”.

Antes da semana do Carnaval propriamente dita, são feitos vários bailes por algumas colectividades e associações Nazarenas, antecipando a grande festa que se avizinha nessa altura do ano. Os bailes de Máscaras são exemplo disso. Todos os fins-de-semana antes do Carnaval existe um baile, cada um numa sala diferente.

Já quando falta uma semana para o Carnaval propriamente dito, no Sábado (chamado Sábado Magro) é dia da saída de grupos como os “Bicicletas”, “Trotinetas”, “Sakanagem”, “Alberqueras” e “Tenantas”, que desfilam ao longo da vila, anunciando a chegada do Carnaval, num dia sobretudo diferente e especial.

Existem 2 desfiles carnavalescos diurnos na Nazaré, o primeiro no Domingo e o último na Terça-Feira. O desfile de Domingo é caracterizado pelas bandas infernais (grupos organizados onde o objectivo é pura e simplesmente fazer barulho), bem como os carros alegóricos de cada grupo. Há também espaço para as brincadeiras de Carnaval, que também participam no desfile e alegram os visitantes. Já o desfile de Terça-Feira é o com maior assistência, tendo chegado às 100 mil pessoas em 2015.

Para além destes desfiles, existe também o desfile noturno (realizado pela primeira vez em 2015) onde também se destacam os carros alegóricos, bem como todos os integrantes dos grupos que alegram e enchem de luz toda a Nazaré, num espectáculo único.

Pela noite dentro, as salas de baile das coletividades Nazarenas e os bares animam os foliões com as marchas de Carnaval, a música que caracteriza um grupo nesse ano. Todos os anos existem dezenas de marchas, todas elas únicas, criadas e interpretadas também por Nazarenos.

Nos bailes, para além das marchas há também espaço para as brincadeiras e cegadas (sátira popular Nazarena) que também demonstram os costumes e tradições Nazarenas.

Chegando a Quarta-Feira “de Cinzas”, há o Enterro do Santo Entrudo, um cortejo que atravessa a marginal culminando com um julgamento em praça pública, realizado no areal da praia da Nazaré.

O Carnaval da Nazaré é sem dúvida alguma um evento marcante da região, atraindo milhares de pessoas para assistir e participar no “Carnaval mais típico de Portugal“.

Venha daí, visite a Nazaré!

SEGUE-NOS!

8,790FansGosto
1,207SeguidoresSeguir
84SeguidoresSeguir
112SeguidoresSeguir
226SeguidoresSeguir
5,149SubscritosSubscreva

POSTS 'Ó CALHAS'

video

Marchas 2017: Animados 2017

"Animados 2017" Já vesti a tuáléte Comprê má de mê b'lhête Qu'é pa ir no Carrossel Andê duas ó três vezes Fiquê tonta, chê de fézes E gritê pu mê...

Grupos 2011

Nome do Grupo Tema Apresentação ...
video

Marchas 2018: 100 Juízo 2018 – Pica dos 100

Letra: Armanda Costa Música: Pica do 7 - António Zambujo Versão Off The Record "100 Juízo 2018 - Pica dos 100" De manhã cedinho Lá vai o capuchinho Prá casa...

Marchas 2012: Deolinde

Marcha do Deolinde, Carnaval 2012!"Deolinde 2012 - Tetris Gentileza"Deolinde de Jó Bless, Espojade cmô um pachá, Se fosse o teu olhar Alongava o cachangá (DIOLINDEEEEEEE) Vou pás termas tode...