Marchas 2017: Cabeçudes 2017

0

“Cabeçudes 2017”

Pós Cabeçudes no Carnaval
Mêm ca barra negada
Cas pinturas na ladêra
E viades no mê da estrada

Rogam pragas ao ascensor
Que tá sempre no estalêr
Já tem umas jantes novas
No rali foi o primêr

Vames pôr uma estatua
Na estrada que voi pá foz
2 capinêtes do mexão
Uma cabeça de cabóz

Taipais no peixe seco
Uma retunda quadrada
Na se pode andar descaço
Ócanão inda dás uma tepada

Agarra a bossa cabeçudes
Na vás cagar á moitêra
Escu mar tá de rôje
E tá uma nortada féra.

Letra: Emanuel Meca
Música: Márcio Silvério
Cantam: Gonçalo Lourenço e Nicholas Bem

DOWNLOAD: Clique aqui!




DEIXA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.