Marchas 2018: Blékutes 2018

0

Blékutes 2018

Letra: António Lopes
Música: Nuno Abelha
Cantam: Vítor Maurício e Sílvio Salvador
Coro: Miguel Ângelo

“Blékutes 2018”

A minha rica papoila
Qu’ié uma linda meçoila
Até anda esmerecida
Acordou cús pés de fora
Na se conforma ca demora
Ámigas anda perdida

Dizia á boca chêa
Á Blékutes sete e mêa
Eu tô pronta e arranjada
Não há pai p’áquela tia
Já passava do mê dia
Chega ela impapessáda

Esqu’ tinha fête sarão
E gánhô uma espertina
Passê a nha rôpa toda
Dêtê-m’ás cinque da matina
A gente vê a saber
Contô o homem dela
Inda antes do jantar
Aterrô de páp’ó ar
Ela nem viu a novela




  • DEIXA UM COMENTÁRIO

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.