Marchas 2018: Los Espegance 2018

0

Los Espegance 2018

Letra: Paulo Sérgio Freire
Arranjos Musicais: Rui Talhadas
Canta: Hugo Piló
Coro: Paulo Oliveira

“Los Espegance 2018”

Saí, da cama toda tesa
Vesti o verde princesa
E xpachê-me a almeçar

Era massa com arroz
O papsêk n’era d’hoje
E a nha vizinha entrou lógue a variar

Xke me viu no mê do bálhe
Àbanar o chocálhe
Ia-lhe fúrande uma vista

Virê-lhe a cara do avesse
Dê-lhe um pontapé no sêsse
E deu capa de revista

Tens um megafone na boca,
Na boca, na boca
Andas no diz que disse, tás rouca
Tás rouca, tás rouca

Andas no picance,
Lárga-me o mê lance
Senão é um Los Espegance

Tens um megafone na boca,
Na boca, na boca
Andas no diz que disse, tás rouca
Tás rouca, tás rouca

Saí, da cama toda tesa
Vesti o verde princesa
E xpachê-me a almeçar

Era massa com arroz
O papsêk n’era d’hoje
E a nha vizinha entrou lógue a variar

Xke me viu no mê do bálhe
Kou tinhá mão no agasálhe
Mas eu na fiquê malvista

Apexê-a pus cabelos
Pisê-lhe os tornezêls
Kéla até baixou a crista

Tens um megafone na boca,
Na boca, na boca
Andas no diz que disse, tás rouca
Tás rouca, tás rouca

Andas no picance,
Lárga-me o mê lance
Senão é um Los Espegance

Tens um megafone na boca,
Na boca, na boca
Andas no diz que disse, tás rouca
Tás rouca, tás rouca




DEIXA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.